Valquiria

VONTADE DE VOAR

Hoje eu tenho consciência de como são preciosos os momentos da minha vida…

Leia o texto da nossa querida Valquíria de Assumpção Gazze*

Aproximei-me da janela do quarto do meu apartamento.

A noite já estava presente, acompanhada das estrelas e de uma lua muito brilhante.

Do alto, eu apreciava as luzes das casas e dos outros edifícios.

Todas as luzes juntas pareciam querer iluminar a minha noite, a primeira noite da minha aposentadoria.

Eu me sentia tão leve que, se pudesse, sairia voando do nono andar, tamanha a sensação de liberdade.

Isso não queria dizer que eu não gostasse do meu trabalho.  Gostava, e muito.  Mas é maravilhoso ser livre para administrar o tempo!

Uns amigos disseram: “Você não vai aguentar seis meses sem seu trabalho!”

E outros: “Você vai ficar deprimida sem trabalhar!”

Pois é, já se passaram tantos anos, e me sinto tão feliz!

Quantas manhãs, levantando apressada para ir trabalhar!

Hoje, eu vejo a luz do sol que entra pela janela do meu quarto e me convida a sair da cama.  Eu me espreguiço e, calmamente, coloco os pés no chão.

Quantas tardes ensolaradas eu via de dentro do escritório!

Agora, muitas vezes, eu estou passeando nelas, sentindo a brisa fresca ou o calor do sol, ou até andando na chuva.

E as noites!  Chegando tão cansada em casa, geralmente, mal tinha disposição, a não ser a vontade de me deitar.

As noites agora são um enorme prazer para ver o brilho das estrelas e a luz do luar.

E uns amigos dizem ainda:  “Ah!  Mas agora na terceira idade você não tem mais tantos anos de vida assim!”

Quem disse?  Quem sabe o tempo do caminho de cada um?  Pela lógica, embora a vida não seja tão lógica, o tempo que me resta não é de muitos anos, bem sei, diferentemente de quando eu era uma adolescente, que provavelmente teria tantos anos pela frente!

Mas hoje eu tenho consciência de como são preciosos os momentos da minha vida, momentos em que eu me dedico a causas nobres, faço novas amizades, estudo uma nova língua, aprendo a dançar; momentos em que podemos aprender a tocar um instrumento, a fazer parte de um coral,  a viajar mais…

E até a encontrar um novo amor.  Por que não? Aconteceu comigo!

__________________ 

*  Valquíria de Assumpção Gazze é advogada aposentada pela Prefeitura Municipal de Diadema, onde trabalhou por mais de 13 anos como procuradora.  Já que não exerce mais sua profissão, dedica muito seu tempo a escrever e a proferir palestras, nas quais aborda temas sobre o comportamento humano,  para reflexão e posterior transformação interior dos seus leitores.  Em 2000 publicou seu primeiro livro de crônicas, No Silêncio a Vida; em 2004, Mistérios Entre Nós; em 2010, seu primeiro romance, Perfume de Amor, e, por último, O Amigo que Esperávamos.

 

 

Caro leitor 60+, compartilhe suas histórias, pensamentos, experiências, sonhos, desejos e ideias. Mande seu texto para edna@amominhaidade.com.br e participe deste espaço.

Edna Perrotti

Edna Perrotti é doutora em Linguística Aplicada pela PUC/SP, onde foi professora de Língua Portuguesa e de Redação. Também trabalhou durante mais de 20 anos na Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), nos cursos de graduação e pós-graduação. É membro honorário da Academia Paulista de Educação e diretora da...

Outras publicações do autor